Casa de prostituição que explorava adolescentes é fechada em Manaus; dois são presos – AM NOTÍCIAS – Notícias de Manaus, Amazonas e mundo 24h
Connect with us

Polícia

Casa de prostituição que explorava adolescentes é fechada em Manaus; dois são presos

Publicado há

em:

 

Uma casa de prostituição foi fechada pela polícia nesta segunda-feira (5) na Zona Centro-Oeste de Manaus.

Duas adolescentes – de 13 e 15 anos – foram resgatadas do local. Segundo a polícia, uma das menores está grávida. Um casal foi preso suspeito de agenciarem as moças, e uma terceira pessoa é procurada por suspeita de envolvimento no caso.

De acordo com a mãe da adolescente de 13 anos, uma dona de casa de 38 anos, há mais de um mês, a filha havia relatado que conheceu uma mulher por meio de uma rede social que lhe ofereceu uma oportunidade de emprego. A jovem trabalharia como babá de uma criança de dois anos. No entanto, a mãe da adolescente não a deu permissão.

Segundo a mãe da menor, a mulher que ofereceu o emprego seria uma das gerentes da casa – situada na Rua 8 do bairro Alvorada 1. A oportunidade de emprego para ser babá nunca existiu e, segundo a família da vítima, tratava-se de uma farsa para atrair menores de idade para a rede de prostituição.

A mãe conta que a adolescente realizava ligações constantes para a família e dizia que estava bem e trabalhando. A mãe desconfiou.

“Ela foi escondida e não voltou mais. Ela ligava de vários números diferentes e eu salvava. Dizia que estava bem, mas eu achava estranho por meio de vídeo-chamada, um monte de menina em uma casa”, disse.

A adolescente chegou a ficar uma semana sem dar notícias para a família. A mãe procurou a polícia, mas disse que não teve ajuda. Ela decidiu, junto ao genro, “investigar” por conta prórpia para saber onde realmente a menina estava.

Na última sexta-feira (2), a adolescente pediu para mãe solicitar um carro por meio de um aplicativo de transporte. A mãe salvou o endereço e o genro saiu para “investigar”. Ele foi até o local sem a adolescente perceber e descobriu onde a casa estava localizada. O local era monitorado por várias câmeras de segurança.

Após descobrir o endereço, o homem fez fotos da residência e foi até a polícia. Investigadores do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) foram até o local nesta segunda-feira (5) e encontraram as duas adolescentes e outras cinco mulheres na casa.

Duas pessoas suspeitas de agenciarem a rede de prostituição foram presas. Dois carros foram apreendidos com os suspeitos, além de uma arma, que – segundo a polícia – era utilizada na segurança do local.

As adolescentes resgatadas foram encaminhadas à Delegacia Especializada em Proteção da Criança e do Adolescente (Depca).

Compartilhe esta notícia no:

Amazonas