Por três votos a dois, STF decide manter Lula preso – AM NOTÍCIAS – Notícias de Manaus, Amazonas e mundo 24h
Connect with us

Brasil

Por três votos a dois, STF decide manter Lula preso

Publicado há

em:

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva preso.

Brasil – Os advogados do petista questionaram o trabalho do ex-juiz Sergio Moro, hoje ministro da Justiça no governo do presidente Jair Bolsonaro. Para os advogados de Lula, o ex-magistrado, que tocou os processos da Operação Lava-Jato, foi parcial. A decisão é provisória. A análise definitiva do caso ficará para um momento posterior, mas não há previsão ainda de quando será o julgamento.

O caso começou a ser analisado em dezembro do ano passado, antes da divulgação das mensagens trocadas entre o então juiz federal Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol. Segundo o site, Moro deu orientações ao procurador sobre como atuar em processos da Lava-Jato, inclusive em um que investigava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Procuradores também teriam discutido como barrar uma entrevista do líder petista à “Folha de S. Paulo”, autorizada pelo ministro do STF Ricardo Lewandowski.

Em novembro, quando o habeas corpus foi apresentado, Moro tinha aceitado havia poucos dias o convite de Bolsonaro, adversário político de Lula, para ser ministro da Justiça. Para os advogados do ex-presidente, isso demonstrava sua parcialidade. Foi Moro que condenou Lula pela primeira vez no processo do triplex no Guarujá (SP), que viria a levar Lula à prisão.

Em dezembro, o relator, Edson Fachin, e a ministra Cármen Lúcia votaram contra a defesa, mas Gilmar Mendes pediu vista. Nesta terça-feira, a Segunda Turma retomou o julgamento, com Gilmar. Ele votou por um novo adiamento, mas foi favorável a soltar Lula para que ele aguardasse em liberdade até o fim do julgamento da causa. Gilmar afirmou que o caso é complexo e precisa ser bem examinado. Por isso, não haveria tempo de concluir o julgamento nesta terça-feira.

Em seguida, Fachin retomou a palavra. Ele sustentou a posição de negar o habeas corpus e aproveitou para dizer que as mensagens do site “The Intercept” não poderiam ser analisadas agora, uma vez que sua autenticidade não foi atestada ainda. Isso não estava no pedido original da defesa, mas os advogados apresentaram neste mês uma petição citando a troca de mensagens.

— Não se tem aludido que o devido material tenha passado pelo escrutínio das autoridades — disse Fachin.

Em seguida, Gilmar rebateu, dizendo que no pedido original já havia elementos suficientes a serem analisados.

— A interceptação do ramal tronco da advocacia (de Lula) é visto com naturalidade (por Moro). Eu não quero debater essa temática (agora), mas estou trazendo esse fundamento para dizer que há fumus bonis iuris (elemento a justificar a concessão de uma decisão agora)

— disse Gilmar, concluindo:

— Há elementos aqui, independentemente dos fornecidos pelo Intercept. Só no que consta nos autos. Com informações do O Globo.

Compartilhe esta notícia no:
Deixe seu comentário

Seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em Manaus, pastor é preso por fazer ‘gato’ de energia em igreja

  Na sexta-feira (07), por volta das 10h30, policiais civis do 22° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação ...
Leia Mais

Homem atira na própria perna após se exibir para os amigos. VEJA O VÍDEO

    Homem dá tiro acidental na própria perna após se exibir para os amigos Um homem que não teve ...
Leia Mais

Vídeo mostra casal de assaltantes atirando em motorista de aplicativo. VEJA O VÍDEO

    O vídeo que vcê vai ver no final desta postagem mostra um casal de assaltantes matando a tiros ...
Leia Mais

AUTOR DO PEDIDO DE IMPEACHMENT DO GOVERNADOR RECEBE 22 MIL COMO SERVIDOR PÚBLICO SEM TRABALHAR

    O médico Mario Rubens Macedo Vianna, autor do pedido de Impeachment contra o governador Wilson Lima, recebe salário ...
Leia Mais

Justiça condena Sikêra Jr. a pagar R$ 300 mil a trans“Raça desgraçada”

  O apresentador atacou a modelo Viviany Beleboni e ainda mostrou uma imagem dela durante o programa que apresenta O ...
Leia Mais

Justiça amplia prazo para trabalhador cobrar o auxílio emergencial

  Brasileiros que tiveram o auxílio emergencial negado administrativamente terão até o dia 21 deste mês para aderir ao mutirão ...
Leia Mais